Capa

CDL Lajeado

Com o tema humanizando conexões, 20ª Convenção CDL Lajeado reúne mais de 800 pessoas

Evento é o maior de gestão e negócios do interior do RS

23.06.2022  |  165 visualizações

Após dois anos, a Convenção CDL Lajeado voltou marcada por um recorde de público. Foram mais de 800 pessoas presentes no Clube Tiro e Caça (CTC) na 20ª edição do evento que, com o tema Pessoas & Tecnologia: Humanizando Conexões, proporcionou à plateia um dia especial de capacitação e networking. “Foi sensacional e queremos ver todos aqui no dia 22 de junho de 2023”, declarou o coordenador Carlos Haas Oliveira. Presidente da CDL Lajeado, Aquiles Mallmann comemorou o sucesso da programação agradecendo o público e a energia positiva dos empresários, gestores, lideranças e colaboradores que acompanharam cada atração do dia. “Vocês fizeram a diferença”!

Do global para o local

Com cinco palestrantes, a 20ª Convenção CDL Lajeado representou reflexão, inspiração e estratégia. O evento começou com o coordenador de varejo do Sebrae RS, Fabiano Zortéa, tratando de “Tendências e inspirações para vender mais”. Com exemplos que permearam o global e o local, Zortéa apresentou cases da NRF, a maior feira mundial do varejo, citando lojas da Europa e dos Estados Unidos, mas também do interior do RS, como a de um estabelecimento pet que inovou com provador de roupa para os animais. Ele falou das novas gerações que já influenciam as compras porque convivem com os pais, também querem propósito, valores de quem vende, tem mais consciência social e ambiental. No que se refere aos novos hábitos, afirmou que hoje o consumidor é híbrido e vai seguir comprando no físico e no online. “O crescimento do varejo online no Brasil foi de 41%. E para 40% dos brasileiros, o Whatsapp é o canal preferido para finalizar uma compra”, destacou. A constatação exige que as organizações preparem seus profissionais para esse canal de atendimento.

Público prateado

Ao desmembrar o potencial de consumo das pessoas com mais de 60 anos, o especialista Martin Henkel deixou um recado claro para os empresários: “Valorizem o público prateado”. Segundo o profissional, eles somam 36 milhões de pessoas no Brasil, representam 20% da população no RS e 17% na região. A renda média mensal de R$ 2.626,00 é maior que a dos trabalhadores das demais idades e, pela projeção regional, injetam R$ 914 milhões no período de um ano considerando um recorte populacional de sete cidades. Henkel defende o conceito “Aging in Market”, baseado numa metodologia que estimula a visão de marcas, produtos e serviços quanto às motivações de consumo, necessidade e interesses dos 60+ para oferecer a melhor experiência de compra e de relacionamento. “Quando a gente envelhece, várias mudanças ocorrem”, explicou. Entre os aspectos que precisam ser considerados estão a audição para sons mais graves, a conquista da atenção de forma objetiva, uso de cores mais fortes e com bastante contraste.

Cenário econômico

O cenário econômico foi o tema de Oscar Frank, economista-chefe da CDL Porto Alegre. Ele observou o recuo em janeiro e a melhora já percebida a partir de fevereiro, puxada por fatores como o corte do IPI, alta das commodities sobre a atividade econômica, recuperação do mercado de trabalho e impulso de medias do governo federal. No radar do segundo semestre, Frank listou vetores de baixa, como dificuldade de acesso a insumos/suprimentos, preço e juros elevados, cenário externo adverso e o impacto das eleições que posterga investimentos e reformas estruturantes. Por outro lado, pesam positivamente o fim da crise hídrica, retomada dos setores intensivos de mão de obra e poupança represada pelas famílias desde o início da pandemia. Ao citar algumas previsões, destaque para o PIB com crescimento de 1,20% neste ano e 0,76% em 2023; e taxa de juros de 13,25% e 9,75%, respectivamente.

Inovação

A inovação não é só tecnologia, é um erro pensar assim. Com essa mensagem Lásaro do Carmo Jr, executivo de grandes empresas no Brasil inteiro, abriu a sua palestra na Convenção 20ª CDL Lajeado. “A inovação nunca mais será como foi há 20 anos atrás”, sentenciou. Para ele, a inovação atual é realizar um pouco melhor o que seus concorrentes fazem, ser melhor hoje do que ontem, e amanhã melhor que hoje. Carmo Jr salientou a importância de criar rotinas produtivas, baseado no processo de tentativa, acerto, erro e correção de rota. Seja na vida ou no trabalho, inovar é um modelo mental de inovação diária. O palestrante comentou muito sobre liderança, da relevância de se arriscar, se comprometer e ter metas. “Um bom líder é aquele cara que simplesmente respeita, que sabe pressionar sem tencionar”, acrescentou.

Alma de campeão

“Sorria para a vida”, declarou Daniel Dias, nadador paralímpico brasileiro e recordista mundial que venceu todos os desafios físicos e se tornou o maior atleta paralímpico masculino do mundo. Ele encerrou a programação com uma mensagem motivacional. Dias nasceu com malformação congênita dos membros superiores e da perna direita, mas isso não o impediu de batalhar por seus sonhos. Foi encarando desafios desde a infância e na vida adulta provou nas piscinas que, apesar das limitações, tudo é possível. Usando exemplos de sua própria história, Daniel Dias deixou lições para viver melhor e concretizar mudanças no lado profissional. Lutar contra a conformismo, usar as adversidades a seu favor e trabalhar em equipe são alguns dos temas que abordou. Com cem medalhas conquistadas, garantiu: “O sonho depende de cada um de nós. O quanto você quer e está fazendo a diferença”.

Viagem para Dubai

Letícia Rodrigues, de Santa Cruz do Sul, foi a ganhadora de duas passagens aéreas, ida e volta, de Porto Alegre/RS a Dubai, nos Emirados Árabes. O prêmio é um oferecimento da Agência Ano3 Viagens.