Capa

Sicredi

Na Semana Nacional de Educação Financeira, Sicredi Integração RS/MG propõe caça ao tesouro do conhecimento a cerca de 400 estudantes da região

12.11.2021  |  119 visualizações

Uma caça ao tesouro com o conhecimento como bem mais valioso. Essa foi a atividade proposta pela Sicredi Integração RS/MG para a 8ª edição da Semana da Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef), que iniciou no dia 08 de novembro e segue até o dia 14 em todo o país. Na regional, a ação ocorre em oito escolas de Lajeado, Santa Clara, Progresso, Travesseiro e Mato Leitão, todas integradas ao Programa Cooperação na Ponta do Lápis, e envolve cerca de 400 estudantes do 4º e 5º ano.

A iniciativa visou promover a conscientização sobre a importância da educação financeira na rotina das pessoas, vinculado ao conhecimento como maior legado e cooperando para uma vida mais sustentável. A caça ao tesouro compreendeu três missões concluídas ao longo da semana e culminou com a entrega de um kit pedagógico, composto por lápis e caderno de atividades. 

O primeiro desafio foi a confecção de um óculos de papel, que despertou nos estudantes novos olhares para a educação financeira e ampliou a visão para o cuidado com o dinheiro, expandindo a consciência acerca das escolhas e decisões. Já o segundo, envolveu também as famílias e fez com que os alunos avaliassem contas de luz por meio do cálculo do consumo individual de cada integrante da residência, provocando a análise das pequenas ações que contribuem para a economia no orçamento e observando o impacto disso na sustentabilidade do meio ambiente. 

Como missão final, as turmas seguiram pistas que levaram ao grande prêmio, as quais iniciaram na cozinha, com a reflexão sobre alimentação saudável; passaram pelo banheiro, com conversas sobre separação de lixo, economia de água e luz, e as alternativas para evitar desperdícios. A terceira e última etapa ocorreu na biblioteca, considerada o lugar onde se concentram muitos saberes, e onde as crianças concluíram que o conhecimento é o maior tesouro a ser encontrado.

Para Francisco Dresch (11), aluno do 5º ano no Colégio Sinodal Conventos, as atividades foram interessantes e podem ser aplicadas na rotina de casa, especialmente as que envolvem evitar o desperdício de comida, água e luz: “Isso pesa na conta”. Também estudante do 5º ano, porém na Escola Municipal de Ensino Fundamental Vida Nova Conventos, Julia Bergmann Trindade (11), destacou o exercício com os óculos, que mostrou como olhar com mais atenção para o que se faz com o dinheiro, além do aprendizado sobre acúmulos e desperdícios. Ela adorou o desafio das pistas e revelou que já faz economias com as moedas que ganha, tendo um plano bem definido: ajudar os pais na aquisição de um novo guarda-roupas para seu quarto.

Leia também...
14.01.2022

Comunidade também pode doar via PIX para ajudar os atingidos

12.01.2022

Cada uma das 23 agências irá promover encontros com seus associados

30.12.2021

Instituição financeira cooperativa manteve presença na 20º edição do anuário Valor Grandes Grupos, com a 68ª colocação no ranking geral e destaque em três categorias em finanças

22.12.2021