Capa

Agagel

21ª Jornada do Sorvete reúne cerca de 140 pessoas na Serra Gaúcha

26.08.2021  |  116 visualizações

Após um ano de pausa em virtude da pandemia, a Associação Gaúcha das Indústrias de Gelados Comestíveis (Agagel) volta a realizar a Jornada do Sorvete. A 21ª edição começa hoje (26) e se estende até amanhã no Dall´Onder Grande Hotel, em Bento Gonçalves. Cerca de 140 empresários do setor e fornecedores participam da programação técnica e de negócios, a qual tem como objetivo a atualização, a integração e os negócios para o fortalecimento do ramo sorveteiro gaúcho. 

O evento que auxilia na retomada da atividade econômica é motivo de grande comemoração para o presidente da Agagel, Gian Lisboa. “Tivemos que programar uma Jornada diferente, com distanciamento e restrições seguindo protocolos, nada do que imaginávamos anos atrás”, admitiu. Mas o momento é mais do que oportuno. “Estávamos carentes de toda essa troca, do networking, do olho no olho e de firmar parcerias e grandes negócios”. Considerada um dos principais eventos do setor da Região Sul do Brasil, a Jornada também serve de estímulo para quem espera a volta do crescimento. “Ela representa uma virada de chave nesse novo cenário que nos deparamos”.

As palestras do primeiro dia foram focadas em vendas através das mídias sociais e cenário econômico. O especialista em marketing e influencer João Finamor fez uma explanação de conscientização sobre a importância da presença digital pelas marcas e sua força como estratégia comercial, acelerada pela pandemia e os novos hábitos dos consumidores.  Ele alertou para erros como aplicar a publicidade tradicional nas mídias sociais ou se precipitar querendo estar em várias frentes sem estratégia definida. “É fundamental identificar o seu público para saber em quais canais estar para seu conteúdo fazer sentido e gerar resultado”, afirmou. Ao reforçar que o pilar da rede social é relacionamento, ele ainda orientou que é preciso cumprir etapas, as quais passam por uma aproximação para depois vender. “A gente se conecta com emoção e só postar produto não vende, precisa considerar a jornada da compra, gerando conexões que então levam para os resultados desejados”. 

Depois de tantos desafios vencidos pelas empresas, uma grande expectativa por boas notícias antecipou a palestra do economista Giovani Baggio. Com uma explanação ampla de cenário e perspectivas favoráveis e adversas, ele afirmou que o auge da pandemia já passou. “Após um pico da pandemia, a economia mundial se encaminha para um ciclo de normalização das políticas macroeconômicas”. Baggio comentou sobre inflação, as influências do mercado externo na economia brasileira, taxa de juros e o problema maior que tem sido o aumento do custo de insumos, associado à falta de matéria-prima. Segundo ele, o peso do fator custo/escassez de matéria-prima passou de 30% para 75% nas pesquisas realizadas pela Fiergs juntos aos empresários, maior até que a carga tributária que tradicionalmente lidera o levantamento. Exemplo disso é a análise do faturamento do setor sorveteiro gaúcho pelas notas eletrônicas emitidas: em relação ao ano passado, crescimento nominal de R$ 14 milhões até julho; mas considerando a inflação e os custos, houve queda de faturamento real. “Desde o início da pandemia, esse quesito de custos no setor de alimentos aumentou 46%”, pontuou. 

Ao final das palestras, um painel debateu as apresentações feitas e esclareceu dúvidas da plateia. A atividade teve a medição do presidente da Agagel e contou com a participação do diretor da entidade gaúcha Marcelo Melatti e do presidente da Abrasorvete, o gaúcho Martin Eckhardt. Na parte da tarde, a atenção do público esteve voltada ao Salão de Exposições, onde 20 empresas de diferentes estados apresentam suas novidades para os fabricantes de sorvetes. São fornecedores de matérias-primas, insumos, ingredientes, embalagens, entre outros produtos. 

Programação 27 de agosto

9H: Nova legislação sobre rotulagem nutricional e o impacto sobre os produtos.

Palestrante: Amanda Queiroz

10H10MIN: Coffee Break

10H25MIN: Falando de finanças para não entrar numa “GELADA”

Palestrante: Áureo Arendt

11H25MIN: Painel de debate com palestrantes e representantes de entidades do setor.

12H10MIN: Almoço.

14H ÀS 19H: Visitação ao Pavilhão dos Expositores.

20 HORAS: Jantar